quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Dica de Leitura: Orlando

Orlando - por Virginia Woolf

Sinopse:
O mais popular livro de Virgínia Woolf, "Orlando" é uma biografia fantástica de um nobre inglês nascido no século XVI que se transforma em mulher e atravessa o tempo até chegar aos anos 20 do século XX. Orlando está constantemente em busca do amor e da arte. Através das aventuras e desventuras do personagem, Virgínia Woolf apresenta um panorama das transformações sofridas pela Inglaterra e traça divertidas comparações entre homens e mulheres, que acima de tudo servem para desenhar Orlando como um ser humano, independente do sexo.

Bom, to apaixonada. Comecei a ler e está uma delícia.É o segundo livro que leio de Virginia(o outro foi Mrs Dalloway) e esse é simplesmente lindo.Logo foi buscar mais informações dos bastidores da trama.
Pra começar existe um filme sobre o livro, alias a belíssima e singular atris Tilda Swinton(logo abaixo) interpreta Orlando, a personagem título do livro e filme.Não vi o filme* mas achei um link pra baixar e dei uma olhada no trailer disponível no youtube.**


Depois eu quis entender um pouco mais sobre a obra em si.Como é sabido, Virginia nutriu um amor por uma guria, uma coisa meio doentia.Há quem diga que Orlando é uma homenagem a esse amor,por isso a autora construiu o personagem imortal, belo e perfeito. realmente não há quem não se apaixone por Orlando.
Há quem diga que Orlando é apenas uma crítica aos costumes sociais que definem o ser homem e o ser mulher e por isso é um romance bastante feminista pra época.O tempo inteiro, no atravessar dos anos, a autora critica posturas machistas e também as ironiza.
Outro aspecto fascinante no livro ( possivelmente no filme) é a viagem pelos eventos históricos europeus.

Eu, acho que fundamentalmente,e Orlando faz parte da visão da autora acerca do mundo e até mesmo sobre o romance que possivelmente nutriu pela tal guria. Por isso as críticas sobre as regras sociais que definem o "ser' homem e o "ser ' mulher.Há momentos em que Orlando é um ser tão ideal que fica impossivel saber se ele é ou não humano,por que é tão perfeito que nao pode ser humano.Talvez orlando seja apenas um desejo da autora, de que o ser , homem ou mulher, fosse Orlando, e é isso que o torna humano.

O que dizer, Orlando não é ele, nem ela. Orlando é humano (ou um desejo materializado para Toda a sociedade). E por isso, sendo uma "homenagem ao amor" ou "uma crítica social", é fácil se apaixonar por Orlando, independente do sexo que o/a abriga.


** http://br.youtube.com/watch?v=jFMmMh288pE

* http://7ma-arte.blogspot.com/2008/12/orlando-mulher-imortal.html

3 comentários:

Elis disse...

o interessante de Orlando é a transição do masculino para o feminino: não percebemos quando essa transição ocorre. Woolf foi genial, sem dúvida, mas o interessante é reler o livro procurando o momento de transição.

suelen.18 disse...

Obrigado pela dica vou deixar uma tmb....o livro A Ordem é Amém de john Chelh eu li e fiquei encantada com o livro pois ele fascinante muito bom mesmo...espero que gostem!!!

eu o achei no site: www.seteseveneditora.com.br

Anônimo disse...

Orlando(Virginia Woolf) é provavelmente Vita Sackville west